sábado, 21 de julho de 2018

O senhor dos cães

Catador em situação de vulnerabilidade divide a vida com cães abandonados

7
Texto e Fotos: Ahmad Jarrah e Bruna Obadowski

Era meados de 2007 e seo Antonio retornava para casa depois de mais um dia de trabalho. Como de costume, caminhava a pé pela rodovia quando encontrou um cão agonizando depois de ter sido atropelado e deixado para trás. Ele não sabia se o cachorro tinha dono, no entanto se prontificou imediatamente a fazer os primeiros socorros ali mesmo. Não certo de que o cachorro resistiria, o levou para sua casa e fez dele seu primeiro companheiro em terras mato-grossenses.

O piauiense de 61 anos deixou sua família em Fortaleza, onde morava, para vir tentar a vida em Cuiabá onde fez de tudo um pouco, até se encontrar atualmente desempregado e tentando conseguir sua aposentaria. Vive em uma pequena casa abandonada às margens da rodovia BR 070, próximo ao Trevo do Lagarto. Onde mora, a água utilizada é retirada com balde de um velho poço, pois não possui água encanada e nem energia elétrica.

Sobrevive vendendo água mineral no centro de Cuiabá e coletando objetos e latinhas na rua, durante o percurso. Seo Antonio conta que, mesmo com todas as dificuldades, nunca pensou em deixar seus animais, os quais trata com tamanho carinho e afeto.

É um desafio diário viabilizar alimento para ele e para seus mais de 30 companheiros caninos, que juntos dividem um pequeno barraco ao lado da casa. O alimento de seus cães é obtido através de doações que recebe esporadicamente.

Seo Antonio diz que não consegue ver os cães abandonados e sofrendo nas ruas, depois de serem atropelados ou alvos de maus tratos. Sua relação com eles é de amor, compartilham tudo juntos, inclusive a precária cama onde dorme e chama cada um pelo seu devido nome: Pitoco, Duque, Duquesa, Capivara, Branquinho, Branca, Pretinha, Leão, Lili e por aí vai, cães que saíram do abandono nas ruas a partir da solidariedade de um trabalhador abandonado às margens da sociedade.

Apesar de todo o seu apego aos animais, Seo Antonio tem consciência de sua situação de vulnerabilidade e clama por ajuda por parte de quem puder colaborar com doações. Necessita urgentemente de um colchão e um botijão de gás, para poder cozinhar, mas também roupas, calçados, ração e tudo mais que puder ser oferecido, para que ele possa continuar realizando esse tão importante e sensível trabalho.

Para colaborar com Seo Antônio, entre em contato pelo telefone: (65)99908-5757